A Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) vai receber, de 18 a 28 de março, quatro professores egípcios – das universidades do Cairo, de Helwan e de Minia –, que farão um programa de formação na instituição conimbricense.

O programa integra-se nas atividades previstas do projeto internacional XCELING – Towards Excellence in Applied Linguistics. Innovative Second Language Education in Egypt, no qual a Universidade de Coimbra participa. O objetivo geral do XCELLING é a capacitação do Egito na área do ensino de línguas estrangeiras através da inovação no âmbito das metodologias de ensino de línguas estrangeiras, o desenvolvimento de investigação em Linguística Aplicada ao ensino de línguas não maternas e da transferência do saber para grupos com necessidades especiais, por via da criação de recursos linguísticos de livre acesso.

Entre as atividades do programa de formação, há um conjunto de sessões abertas à comunidade, a realizar na sala do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (no 7.º piso da FLUC) e no Laboratório de Línguas (2.º piso):

Terça-feira, 19 de março, 10h00-12h00 – “Português e Espanhol: uma abordagem contrastiva”, por Patricia Rossi (Universidade de Coimbra) – Sala do CELGA;

Quarta-feira, 20 de março, 14h00-15h30 – “O legado linguístico árabe na língua portuguesa”, por Abdelilah Suisse (Universidade de Aveiro) – Sala do CELGA;

Quarta-feira, 20 de março, 15h30-17h00 – “A biografia linguística como elemento heurístico no ensino do português língua estrangeira”, por Abdelilah Suisse (Universidade de Aveiro) – Sala do CELGA;

Quinta-feira, 28 de março, 15h-17h – “Workshop sobre Laboratório de Línguas”, por Carla Ferreira e Sandra Chapouto (Universidade de Coimbra) – Laboratório de Línguas.

FLUC

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »