Turismo e Saúde – Entre a Teoria e a(s) Prática(s)

Set 30, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

FLUC
Seminário decorre de 2 a 3 de outubro, no Anfiteatro IV da FLUC
Fotografia: © UC | Marta Costa

“Turismo de Saúde” e “Turismo Medicalizado” são os dois grandes temas em análise no seminário “Turismo e Saúde – Entre a Teoria e a(s) Prática(s)”, que vai decorrer, nos próximos dias 2 e 3 de outubro, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (consulte aqui o programa).

De acordo com Fernanda Cravidão, promotora da iniciativa, «na atualidade, a ênfase da responsabilidade individual na procura de melhor saúde, a busca de estratégias promotoras de bem-estar, a vivência do lazer e do ócio, as práticas de envelhecimento ativo e a valorização de comportamento saudáveis, associadas ao rejuvenescimento ou à melhoria da condição de saúde individual, alargaram o mercado potencial da atividade turística contemporânea. Neste encadeamento é importante discutir a dinâmica evolutiva associada ao conceito de turismo de saúde e bem-estar, a emergência e a valorização de práticas de wellness, conhecendo melhor as motivações da procura e a emergência de uma oferta crescente, com significado económico, progressivamente mais renovada e sofisticada em Portugal e na região centro».

Simultaneamente, realça a docente da Universidade de Coimbra, «assistimos a um crescente movimento de pessoas que anualmente cruzam fronteiras, fruto de uma decisão intencional e “voluntária” de procura externa de cuidados médicos não emergentes de natureza diversa. Conhecer este movimento, habitualmente designado por turismo médico, compreender as motivações e as regras dessas deslocações, o contexto em que são realizadas bem como a multiplicidade de atores, públicos e privados, que disputam um mercado cujo volume de negócios pode rondar os 100 biliões de dólares (2013) e que já tem expressão nacional, constitui o objetivo do segundo dia de trabalhos».

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »