Bienal Ibero-americana de Design distingue projeto da UC que estabelece a teia de ligações entre políticos e empresas

Nov 3, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

um ecossistema Político-empresarial
Os governantes e ex-governantes surgem representados por “animais”, com as cores dos vários partidos
Fotografia: © DR

O projeto “Um Ecossistema Político-empresarial”, que expõe de forma bem original as relações entre os políticos e os grandes grupos empresariais de Portugal, é o vencedor, na categoria de Desenho e Movimentos Sociais, da Bienal Ibero-americana de Design – BID 2014, que vai decorrer, entre os próximos dias 25 e 29 de novembro, em Madrid.

Desenvolvido pelos investigadores Pedro Miguel Cruz, Cátia Costa e Penousal Machado, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), o projeto é materializado num sistema lúdico de visualização de informação onde são exploradas as ligações entre mais de uma centena de políticos que passaram pelos sucessivos governos, no período 1975-2013, e os mais influentes grupos empresariais. Os governantes e ex-governantes surgem representados por “animais”, com as cores dos vários partidos, e as empresas identificadas por círculos. Assim, por exemplo, um político do PSD figura como um animal laranja.

O coordenador do estudo, Penousal Machado, sublinha que o objetivo foi «refletir sobre uma tema atual e relevante através de uma abordagem invulgar. Em vez de produzir uma narrativa clássica ou gerar um emaranhado de gráficos, contamos a história através de um sistema interativo, recorrendo a metáforas visuais. A informação não é explícita e, por isso, estimula o utilizador a explorar várias possibilidades, a refletir sobre o tema e a tirar as suas próprias conclusões».

O sistema agora premiado conta já com mais de 140 mil visualizações e foi construído a partir de uma intensa pesquisa e recolha de dados em fontes diversas: sites oficiais de partidos políticos, Wikipedia, páginas pessoais de políticos e na obra “os Donos de Portugal”, entre outros.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »