Trabalho desenvolvido na FMUC distinguido

Out 27, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

FMUC_pólo3
O trabalho foi distinguido com a Menção Honrosa no Prémio de Investigação SPEMD 2014
Fotografia: © UC | N. Batista

O trabalho de investigação: “Citotoxicidade de materiais utilizados em proteções pulpares diretas estudo in vitro”, coordenado por Eunice Carrilho, docente da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), foi distinguido com a Menção Honrosa no Prémio de Investigação SPEMD 2014, no XXXIV Congresso da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária que decorreu recentemente em Coimbra.

A pesquisa, que tem como coautoras Adriana Fernandes, Anabela Paula, Mafalda Laranjo, Margarida Abrantes e Filomena Botelho, foi desenvolvida na FMUC e no IBILI (Instituto Biomédico Investigação de Luz e Imagem).

De acordo com a equipa, foram estudados os «efeitos de materiais dentários utilizados em terapêuticas de proteções pulpares numa linha celular de fibroblastos humanos. Fez-se a avaliação da atividade metabólica através de alguns ensaios específicos e dos resultados obtidos, concluímos que O White ProRoot MTA mostrou ser o material mais biocompatível, mesmo em elevadas concentrações».

Estes resultados são um contributo importante para a preservação da vitalidade pulpar, sempre que se verifique a necessidade de intervenção terapêutica neste tecido dentário.

 

Eunice_Carrilho

Eunice Carrilho, coordenadora da pesquisa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »