Duarte Nuno Vieira, professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), vai integrar o Centro de Recursos em Direitos Humanos criado recentemente pela Academia Americana de Ciências Forenses (AAFS).

O novo centro vai desenvolver e apoiar projetos internacionais no âmbito dos direitos humanos, proporcionando, entre outras coisas, “treino e formação forense aos países que dela necessitem, facultando o acesso a equipamentos e tecnologia, colaborando na elaboração de guias e protocolos de trabalho ou oferecendo acesso a informação científica”, explica o especialista em ciências médico-legais e ético-deontológicas da UC.

O catedrático da FMUC foi também designado pelo relator especial das nações unidas para as execuções extrajudiciais, sumárias e arbitrárias, para fazer parte de um grupo de especialistas internacionais que irá rever o manual das Nações Unidas para a investigação e prevenção efetiva de execuções extrajudiciais, arbitrárias e sumárias.

Conhecido por Protocolo de Minnesota, o referido manual é um dos mais relevantes documentos internacionais das Nações Unidas, que estabelece as regras a seguir no âmbito de autópsias médico-legais neste tipo de situações.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »