Iniciativa ProtoTransfer distingue projetos da Universidade de Coimbra

Out 1, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

pateo das escolas
Os projetos premiados pela ProtoTransfer são da área da saúde e da tecnologia
Fotografia: © UC | Marta Costa

Quatro projetos de investigação em curso na Universidade de Coimbra (UC) acabam de ser distinguidos pelo ProtoTransfer, um concurso dirigido a docentes, investigadores e estudantes de 7 universidades ibero-americanas que se associaram ao projeto.

Dois dos projetos premiados são da área da saúde: o PSILOCHROME aposta num método rápido de distinção das três espécies de leveduras patogénicas pertencentes ao grupo da Candida parapsilosis. O phcontrol – Life Security é um disco sanitário que, de forma simples, avisa o utilizador quando a sua urina está alterada, sugerindo que algo poderá não estar bem com a sua saúde e levando-o assim a consultar o seu médico.

O “My Wishlist”, uma aplicação para a rede social Facebook que permite gerir uma lista de produtos selecionados pelo utilizador ao navegar na Web, e o SELFVOLT – que passa pela construção de uma estação móvel destinada à alimentação de dispositivos eletrónicos, possibilitando o carregamento de aparelhos elétricos que façam uso de baterias recarregáveis – foram os outros dois dos projetos premiados.

Surgido no âmbito do programa INESPO II, o ProtoTransfer desenvolve, em colaboração com o Conselho Empresarial do Centro (CEC), atividades de transferência de conhecimento, mediante a materialização e desenvolvimento de um protótipo, para a obtenção de um produto ou processo com possibilidades de ser inserido no mercado.

Além da Universidade de Coimbra, participaram no ProtoTransfer as universidades de Aveiro, Beira Interior, Salamanca, Valladolid, Léon y de la Empresa e Pontificia di Salamanca.

Cada projeto recebeu uma bolsa de apoio financeiro até 1.500€ e apoio na capacitação sobre proteção industrial e intelectual e desenvolvimento do modelo de negócio.

Esta iniciativa foi cofinanciada com fundos FEDER no âmbito do Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça 2007-2013 POCTEP.

 

 

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »