a carregar...

Adélio Mendes distinguido com o Prémio UC 2016

Jan 21 • Sem comentários em Adélio Mendes distinguido com o Prémio UC 2016

Reitor da UC realça "a carreira fantástica" do engenheiro químico que tem "uma produção científica impressionante e uma atividade de ensino notável"

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

adeliomendespremiouc
Fotografia: © João Pádua

Adélio Miguel Magalhães Mendes é Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e Professor convidado da Universidade de Aarhus na Dinamarca.

Com um percurso distinto tanto ao nível pedagógico como científico e social, foi responsável pela requalificação integral das condições laboratoriais no âmbito das disciplinas práticas lecionadas no Departamento de Engenharia Química da FEUP. O reconhecimento do seu contributo levou-o a licenciar alguns desses trabalhos à empresa Armfield (UK), que atualmente é o maior fornecedor mundial da área.

Do ponto de vista científico, Adélio Mendes conta com mais de 250 artigos em revistas internacionais e 21 famílias de patentes. Ao longo dos últimos anos, dinamizou diversos projetos nacionais e internacionais que globalmente representaram um financiamento global superior a dez milhões de euros. Em 2012, foi-lhe atribuída uma Advanced Grant no valor de cerca de dois milhões de euros pelo European Research Council, que visa o desenvolvimento de células solares sensibilizadas com corante.

Adélio Mendes é responsável pela publicação de várias patentes e atualmente está a negociar mais duas provisórias, uma sobre membranas de carbono e outra na área das células de combustíveis. Esteve ainda envolvido na criação de várias empresas, a Paralab SA, a Sysadvance e a VisBlue.

Em 2011 a empresa multinacional americana atribui-lhe o prémio “Air Products Faculty Ecellence 2011 Award”, ainda em 2011 recebeu os prémios Solvay & Hovione Innovation Challenge SHIC’11, Ramos Catarino Inovação e Prémio ACP – Diogo Vasconcelos Applied Research pelos desenvolvimentos na selagem assistida a laser de células solares. Mais recentemente, em 2015, a Câmara Municipal do Porto atribuiu-lhe a medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro.

Patrocinado pelo Banco Santander-Totta e apoiado pelo Jornal de Notícias, o Prémio Universidade de Coimbra distingue «uma personalidade de nacionalidade portuguesa que se tenha afirmado por uma intervenção particularmente relevante e inovadora nas áreas da cultura ou da ciência» e será entregue no próximo dia 1 de março, durante a sessão solene comemorativa do 726.º aniversário da UC.

 

 

Presidido pelo Reitor da UC, João Gabriel Silva, o júri responsável por avaliar as candidaturas da edição deste ano foi constituído por:

1º Vice-Presidente: Luís Bento dos Santos (Administrador do Banco Santander-Totta)

2º Vice-Presidente:  Afonso Camões (Jornal de Notícias)

Vogais: (8) Ana Paula Pais (Escola de Hotelaria de Coimbra), Cláudia Cavadas (Faculdade de Farmácia da UC), Luís Braga da Cruz (Fundação de Serralves), Luís Simões da Silva (Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC), Margarida Pedroso Lima (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da UC), Maria José Azevedo Santos (Faculdade de Letras UC), Nuno Artur Silva (Rádio Televisão Portuguesa),Tiago Brandão Rodrigues (Universidade Cambridge).

 

Instituído em 2004, o Prémio UC já distinguiu várias personalidades, entre as quais, o crítico gastronómico José Quitério, o antigo reitor da Universidade de Lisboa António Sampaio da Nóvoa, o cineasta Pedro Costa, o músico e compositor António Pinho Vargas, a cientista Maria de Sousa e o artista plástico Julião Sarmento. Mais informação sobre o Prémio UC, disponível em: http://www.uc.pt/premiouc.

 

O anúncio foi feito a 21 de janeiro, na Sala do Senado da Universidade de Coimbra.

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo