a carregar...

Cantina Amarela vai abrir com novo conceito no próximo ano letivo

Fev 13 • 1 comentário em Cantina Amarela vai abrir com novo conceito no próximo ano letivo

As obras de melhoria do espaço estão a ser suportadas na totalidade pela Universidade de Coimbra.

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

Cantinas Amarelas - Interiores Im3D 02
Imagem em 3D do interior proposto da cantina Amarela após a requalificação.
Fotografia: © DR

A Universidade de Coimbra (UC) prevê reabrir as Cantinas Amarelas já no próximo ano letivo. Após uma temporada em que estiveram fechadas para obras, devido à falta de condições, o espaço promete agora um novo conceito, “polivalente e multicultural”, desvenda a administradora dos Serviços de Ação Social da UC (SASUC), Regina Bento.

A requalificação do espaço traduziu-se no “maior investimento em cantinas realizado pela Universidade de Coimbra nos últimos trinta anos”, revela o reitor da UC, João Gabriel Silva. As Amarelas estão agora na fase final das obras e está prevista a reabertura já no próximo ano letivo, com “um novo tipo de oferta”, garante o Reitor da UC.

Amarelas 2017

Margarida Mano, Manuela Nogueira e João Gabriel Silva visitam as obras de requalificação da Cantina Amarela. Foto – UC | Paulo Amaral

Recorde-se que o edifício, construído no início dos anos 80, manteve-se em funcionamento até 2013. Foi pelo uso intenso da cantina e a dificuldade na realização de obras de manutenção que levaram a que as Amarelas tivessem de encerrar, primeiro parcialmente (manteve-se o funcionamento do Sandwich Bar) e depois na totalidade. As obras tiveram início em 2016.

Para a responsável dos SASUC, “a reabertura da Cantina Amarela representa a devolução à comunidade universitária de um equipamento muito acarinhado por gerações de estudantes, renovado, quer na infraestrutura, quer nas condições de conforto, quer ainda nas possibilidades de fruição do espaço”. Para Regina Bento, “as novas Amarelas não serão uma cantina tradicional, mas antes um espaço polivalente e multicultural”.

as novas Amarelas não serão uma cantina tradicional, mas antes um espaço polivalente e multicultural

A administradora dos SASUC destaca não apenas as “diversas opções a nível alimentar, mas também um espaço para estar, estudar e usufruir de momentos culturais”. A ideia do novo conceito de restaurante universitário é partilhada também por Manuela Nogueira. A arquiteta responsável pelo projeto sublinha, para além do espaço de refeição variada, que é o núcleo da cantina, “um novo elemento junto à entrada que se quer multifuncional”. Através de estrados que se montam, é possível ter um lugar mais informal, “para ler, tocar, ver um filme ou um documentário, fazer uma apresentação um concerto, ver um jogo de futebol”, continua a responsável. “Quer-se que os alunos se sintam um bocadinho em casa, que estejam descontraídos e possam sentir que é a casa deles”, acrescenta Manuela Nogueira.

As obras de requalificação da Cantina Amarela estão a ser suportadas na totalidade pela UC. O valor de adjudicação é de cerca de 700 mil euros, o que torna a obra o maior investimento suportado pela universidade em serviços de restauração para os estudantes dos últimos trinta anos.

 

Imagens 3D da cantina Amarela após a requalificação:

Cantinas Amarelas - Exteriores Im3D 01

Cantinas Amarelas - Interiores Im3D 01

 

Redes Sociais

Um comentário a Cantina Amarela vai abrir com novo conceito no próximo ano letivo

  1. Jaime diz:

    Esta cantina foi construida em tempo record, em 1982, após uma visita do governo de Mario Soares a U. de Coimbra, a qual foi muito atribulada, e pude presenciar o momento tenso, das manifestações estudantis, e o alvoroço ocorrido, pois nessa altura, Portugal tabem estava em banca rota temporaria, agora é permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo