a carregar...

Casa das Memórias apresentou ao público três dos espólios do Centro de Documentação 25 de Abril. O encontro juntou, ao longo da tarde de 27 de março, doadores e especialistas no Colégio da Graça. Em cima da mesa estiveram “O Projeto SAAL”, “Exílios e Exilados” e o espólio de “João Martins Pereira”.

O evento quis mostrar ao público o Centro de Documentação 25 de Abril como “uma casa com o objetivo guardar pedaços de memória, heranças de pessoas que ocuparam outras casas, algumas que se relacionam com o nosso presente e com a nossa história mais ou menos recente”, explica o diretor do centro, Rui Bebiano.

Inserida no programa da 20.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, a iniciativa quis “mostrar até que ponto o centro é, de facto, uma casa que se integra no espaço da Universidade de Coimbra, mas que tem características particulares”.

O seminário, de acordo com Rui Bebiano, integra-se na forma habitual de atuação do Centro de Documentação 25 de Abril. “Preservar, arquivar, catalogar e de disponibilizar para os nossos investigadores e alunos” e também tornar público o espólio do centro, continua o diretor. Uma “realização aberta”, a Casa de Memórias assumiu-se como uma iniciativa de mostrar “ao cidadão comum interessado nestas dimensões do passado”.

 

Marta Costa e Karine Paniza

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »

oo