Casos clínicos virtuais com resultados reais

Abr 6, 2018

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

casos clinicos virtuais na FMUC take the wind
Fotografia: © UC

Um tipo de simulação que pretende contribuir “largamente para a diminuição do erro médico e ainda contribui largamente para a formação dos estudantes”. É assim que o coordenador do ciclo de estudos do mestrado integrado em medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), Filipe caseiro Alves, resume os Casos Clínicos Virtuais (CVV). O projeto, que utiliza a plataforma Body Interact, consiste na criação de ambientes e cenários clínicos simulados, que permitem a interação dos estudantes com um doente virtual, proporcionando uma resposta dinâmica em tempo real, e criando assim um ambiente imersivo que procura replicar de modo fiel a realidade clínica.

Os estudantes têm a possibilidade de “resolver problemas clínicos em casa, sem a necessidade de um tutor”, explica Filipe Caseiro Alves. Ao mesmo tempo, os alunos vão recebendo  “feedback sobre aquilo que estão a fazer, para que de alguma forma possam melhorar o desempenho clínico através da simulação dos casos”, acrescenta o responsável.

Para a realização do projeto, a FMUC  estabeleceu uma parceria “estratégica que permite apresentar e explorar pedagogicamente os CCV”, afirma o subdiretor do gabinete de educação médica da FMUC, Hugo da Conceição. Através da Body Interact, criada pela empresa Take the Wind, incubada no Instituto Pedro Nunes, os estudantes têm acesso “aos três primeiros casos clínicos”, continua Hugo da Conceição.

Trata-se “de uma ferramenta pedagógica” que os responsáveis consideram “inovadora no panorama do ensino médico em Portugal e particularmente relevante nos tempos atuais”, sublinha Hugo da Conceição. “É concedida aos estudantes a possibilidade de lidarem de forma interativa, realista e segura, a patologias e situações clínicas a que, de outra forma, dificilmente poderiam ter acesso”, acrescenta.

O anfiteatro da subunidade 3 do Polo III recebeu a 5 de abril o encerramento da primeira etapa do projeto, com o 1.º Seminário de Casos Clínicos Virtuais no Mestrado Integrado de Medicina. Docentes especialistas orientaram estudantes do 6.º ano do mestrado integrado em medicina da FMUC na resolução dos respetivos CCV.

 

Marta Costa e Karine Paniza

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »