Dia Internacional dos Museus – olhar os museus através dos seus objetos

Mai 18, 2020

Nova rubrica da UC conta histórias sobre objetos especiais do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

O que é um Museu? Porque é que continua a ser importante, hoje, visitar, preservar, promover e divulgar museus? O que faz dos museus, sítios únicos? As respostas são muitas e as perguntas, ainda mais. E, para cada museu, teríamos muitas mais respostas e, por isso, mais perguntas. No Dia Internacional dos Museus, 18 de maio, celebramos de uma forma diferente em 2020. Devido ao surto de COVID-19, declarado como pandemia mundial, o mundo foi “obrigado a parar” e o público teve de olhar para tudo, e também para os museus, de uma forma diferente – não presencialmente mas sim, maioritariamente, de forma virtual.

O Museu da Ciência da Universidade de Coimbra (MCUC), com todas as suas valências, apresenta um espólio rico nas mais diversas áreas. A Botânica, Física, Astronomia ou a Zoologia são apenas algumas. Depois de perguntar a algumas pessoas o que é, para si, um Museu, e pedir para que partilhassem a peça, ou peças, que mais as tenham marcado, no Dia Internacional dos Museus de 2020, celebramos virtualmente o MCUC e, desta forma, celebramos todos os museus.

Hoje, 18 de maio, lançamos o primeiro episódio, de uma série de dez, onde pretendemos mostrar objetos que, de uma forma ou de outra, mostram um pouco mais da estória das coleções do MCUC. Arrancamos a rubrica semanal Objetos de Museu com uma passagem no Museu Académico, situado no Colégio de São Jerónimo, onde damos a conhecer a Guitarra de Artur Paredes. Por agora, ainda sem a podermos ver ao vivo, mas fica o convite para conhecer um pouco da sua história, de forma virtual.

A lista de reprodução completa da rubrica Objetos de Museu pode ser encontrada aqui.

 

Marta Costa e Karine Paniza

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »