O Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos (CIEC) surge em agosto de 1993, “congregando professores e investigadores de quatro universidades portuguesas (Coimbra, Lisboa, Porto e Minho)”. Com sede na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (UC), o CIEC tem como principais objetivos o “trabalho de edição crítica e de comentário, de contextualização e de análise da receção da obra de Camões e da presença cívico-cultural do mito camoniano no devir da História (portuguesa, europeia, universal)”.

Ao longo da sua existência, o CIEC tem vindo a promover variadas “reuniões científicas nacionais e internacionais, como colóquios ou congressos”, e destaca-se ainda, na sua atividade, a “publicação coordenada de estudos e textos camonianos criticamente estabelecidos”.

A 10 de junho de 2020, damos a conhecer o Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos, pelas palavras do seu coordenador científico, José Carlos Seabra Pereira (ver vídeo).

 

Saiba mais sobre o CIEC aqui ou através da página de Facebook, aqui.

 

Marta Costa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »