UC e TAUC juntam-se para criar a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra

Jun 15, 2016

O concerto inaugural da Orquestra Académica está previsto para 18 de setembro.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

TAUC Sala de São Pedro
Fotografia: © UC

A Universidade de Coimbra (UC) e a Tuna Académica da UC (TAUC) uniram-se para criar a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra (OAUC). Uma “aposta ganha”, garante o reitor da UC, João Gabriel Silva, que acredita que a criação de uma orquestra clássica amadora no seio da UC, “fazia absoluto sentido”.

Segundo Ricardo Peres, a Tuna tem um “espaço de cultura onde a música impera”. Para o presidente da direção da TAUC, este vai ser utilizado para o desenvolvimento da Orquestra que se quer com “alto nível de qualidade artística no grupo desde a sua raiz”. No fundo, a recém criada OAUC quer “ser algo diferente e inovador na academia de Coimbra”, sublinha.

A OAUC “está entregue às mãos certas, que é a dos estudantes”, destaca João Gabriel Silva. O reitor da UC diz estar “convencido que é uma aposta ganha” e afirma a relevância do organismo autónomo para a colaboração, “a TAUC era o sítio óbvio para aparecer”.

 

 

As atividades da nova orquestra vão iniciar-se em setembro, com a organização de um estágio intensivo de uma semana de preparação e a realização de um concerto inaugural, previsto para 18 de setembro.

A Orquestra Académica da Universidade de Coimbra vai ficar responsável pela realização de quatro concertos durante o ano, inseridos no âmbito das atividades da UC. O novo grupo deverá ter entre 40 e 60 elementos, sendo eles maioritariamente membros da Universidade, desde estudantes, antigos estudantes e membros do corpo docente e não docente da UC. A direção artística vai estar a cargo de André Granjo.

O protocolo de colaboração foi assinado a 15 de junho, na Sala do Senado da Reitoria da UC.

 

Reportagem de Ana Zayara, estudante de Jornalismo e Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »