Academia Portuguesa de História distingue investigadores da FLUC

Dez 1, 2015

A cerimónia de entrega dos prémios realiza-se na quarta-feira, 2 de dezembro, pelas 15 horas, na sede da Academia Portuguesa de História

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Faculdade Letras
Maria José Azevedo Santos e Jaime Ricardo Teixeira Gouveia, são investigadores da FLUC
Fotografia: © UC | Marta Costa

Maria José Azevedo Santos e Jaime Ricardo Teixeira Gouveia, investigadores do Centro de História da Sociedade e da Cultura da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), foram distinguidos com os prémios Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão e Fundação Calouste Gulbenkian – História Moderna e Contemporânea de Portugal respetivamente.

O Prémio Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão foi atribuído ao livro As regras da regra. Santa Clara. Códice do século XVI, de Maria José Azevedo dos Santos. Já o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian – História Moderna e Contemporânea de Portugal galardoa o livro A Quarta Porta do Inferno. A vigilância e disciplinamento da luxúria clerical no espaço luso-americano, 1640-1750, que reproduz, no essencial, a tese de doutoramento de Jaime Gouveia, defendida no Instituto Universitário Europeu de Florença e orientada por Bartolomé Yun Casalilla e pelo diretor da FLUC, José Pedro Paiva.

A cerimónia de entrega dos prémios realiza-se na quarta-feira, 2 de dezembro, pelas 15 horas, na sede da Academia Portuguesa de História, entidade promotora dos prémios.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »