A Academia Sino-Lusófona da Universidade de Coimbra (ASL-UC) promove na próxima quarta-feira (dia 22), o colóquio “O novo Código Civil chinês: visão comparada com Portugal e Brasil”. O evento, organizado em colaboração com a Academia Brasileira de Direito Civil (ABDC) e a Faculdade de Direito da Universidade de Macau (FDUM), decorre a partir das 13h30 (hora de Portugal continental) e é transmitido em direto na página de Facebok da ASL-UC (AcademiaSinoLusofonaUC).

O colóquio, com moderação de Paulo Mota Pinto (professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, FDUC), tem como oradores António Pinto Monteiro (Professor Decano da FDUC e Presidente Honorário da ASL-UC), Roger Silva Aguiar (Presidente Administrativo da ABDC) e Tong Io Cheng (Diretor da FDUM).

A abertura vai estar a cargo do Vice-Reitor da UC para as Relações Externas e Alumni, João Nuno Calvão da Silva, e do Diretor da FDUC e da ASL-UC, Rui de Figueiredo Marcos. Já o encerramento vai contar com a intervenção do Diretor da FLUC e subdiretor da ASL-UC, Rui Gama.

“Este colóquio, com discussão em português de um recente diploma estruturante do Direito da China, é mais um evento em que a Universidade de Coimbra reforça o seu protagonismo na ligação entre Portugal, Brasil e a República Popular da China, pela porta da Região Administrativa Especial de Macau” explica João Nuno Calvão da Silva. “É com iniciativas destas que a UC reforça o seu estatuto mundial, como provam, por exemplo, o projeto de campus interuniversitário distinguido, na passada semana, pela Comissão Europeia ou as parcerias estabelecidas, há escassos meses, no âmbito da visita de Estado do Sr. Presidente da República à Índia”, completa o Vice-Reitor da UC.

Coloquio ASL-UC Cartaz

 

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »