a carregar...

No próximo sábado, dia 14 de novembro, têm início, na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC), as oficinas de formação para educadores de infância, Teacher Classroom Management (TCM), no âmbito do projeto Anos Incríveis para a promoção da saúde mental, projeto financiado pelo Instituto Norueguês de Saúde Pública (EEA Grants, “Iniciativas em Saúde Pública”) e coordenado cientificamente por Maria João Seabra Santos e Maria Filomena Gaspar.

Estas oficinas destinam-se a formar gratuitamente 30 educadores de infância no programa Anos Incríveis para Educadores, com o objetivo de  «levar o programa Anos Incríveis a cada vez mais educadores, de forma a promover a saúde mental em crianças de idade pré-escolar, nomeadamente através do desenvolvimento de estratégias positivas de gestão do comportamento das crianças em sala de jardim-de-infância, da promoção de abordagens de ensino pró-ativas e de métodos disciplinares eficazes», afirmam as responsáveis do projeto.

A formação visa também promover as competências sociais e emocionais das crianças, favorecer o envolvimento dos pais na escola e contribuir para a diminuição das desigualdades sociais.

Ainda no âmbito do projeto Anos incríveis, decorreram nos últimos seis meses workshops de sensibilização em diferentes Centros de Saúde do distrito de Coimbra (Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa, Lousã, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Penela, São Martinho do Bispo, Soure e Vila Nova de Poiares).

Com estas ações pretendeu-se sensibilizar os técnicos dos cuidados de saúde primários para os princípios do programa Anos Incríveis e para a pertinência da sua implementação enquanto resposta ao nível da prevenção e intervenção em problemas de comportamento em crianças de idade pré-escolar.

Redes Sociais

Um comentário a Anos Incríveis para a promoção da saúde mental: oficinas de formação para educadores de infância

  1. SANDRA TAVARES diz:

    Boa tarde, também fiz formação no Programa, para pais e neste momento estou a coordenar um CLDS numa entidade cuja atividade principal é uma creche e Jardim de Infância. Assim e no sentido de divulgar esta ação junto das educadoras, gostaria de saber como proceder à inscrição e quais os requisitos de seleção necessários.
    Atentamente,

    Sandra Tavares

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo