Na próxima sexta-feira, dia 15 de março, o Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais (CEIF) vai realizar o seminário “Os incêndios de 15 de outubro de 2017”, com a presença do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Dirigido a gestores do problema dos incêndios florestais, nomeadamente decisores políticos, autarcas, agentes operacionais, cientistas e cidadãos em geral, o seminário, que reúne 400 participantes, tem lugar no auditório do edifício central da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).

Os incêndios florestais ocorridos a 15 de outubro de 2017 foram dos mais graves que se registaram em Portugal. Sete complexos de incêndios que se iniciaram nesse dia vitimaram 51 pessoas, destruíram um vasto património edificado e mais de 200 mil hectares de floresta.

O Governo português, através do Ministério da Administração Interna, solicitou à equipa do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais (CEIF) da Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), da FCTUC, a análise destes incêndios, cujos resultados constam de um relatório entregue no final do passado mês de janeiro. Neste seminário serão divulgados os principais factos e as lições que deles devemos extrair.

O relatório produzido pelo Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da FCTUC foi coordenado pelo catedrático Domingos Xavier Viegas.

PROGRAMA:

14h00 /14h15 – Boas-vindas e apresentação do Seminário

14h15 / 15h00 – Condições de evolução e propagação dos principais complexos de incêndios (Miguel Almeida)

15h00 / 15h30 – O impacto dos incêndios nas indústrias: casos de estudo (Luís Mário Ribeiro e Cláudia Pinto)

15h30 / 16h15 – Os acidentes pessoais (Domingos Xavier Viegas)

16h15 / 17h00 – Debate e encerramento, com a presença de S. Ex.ª o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

FCTUC (Cristina Pinto)

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »