a carregar...

“Biodiversidade à nossa Volta”

Mar 12, 2018

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

biod volta 2018_2
Fotografia: © DR

A Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável e o Centro de Ecologia Funcional (CFE) da Universidade de Coimbra (UC) voltam a promover o ciclo de passeios “Biodiversidade à Nossa Volta”, iniciado no passado ano.

Num desafio à cidade, investigadores do CFE vão mostrar no decorrer de um passeio a biodiversidade que nos rodeia. Estes percursos terão lugar em vários espaços de Coimbra, de março a novembro, sempre ao sábado, das 10h00 às 11h30.

O primeiro passeio acontece no dia 17 de março, com o investigador Jael Palhas, que «nos convida a explorar a vida que se esconde num charco, descobrindo porque é que estes habitats têm uma elevada importância para a conservação e asseguram funções tão relevantes e diversas como a redução dos riscos de cheia e de seca, a absorção de carbono, a criação de nano-climas, refúgio para a vida selvagem e a reprodução de animais auxiliares no controlo biológico de pragas.»

A entrada é livre, mas as inscrições são limitadas e obrigatórias, até ao dia 15 de março, através do endereço eletrónico: catedraunesco@uc.pt. O ponto de encontro será no portão principal da Escola Básica e Secundária da Quinta das Flores.

 

Calendário dos passeios em 2018
28 de abril | A biodiversidade escondida à nossa volta (Laboratório de Ecologia e Ecotoxicologia de Solos)
26 de maio | A biodiversidade nas plantas aromáticas e medicinais (Andreia Jorge)
9 de junho | Das Altas às Baixas: diversidade e ecologia das árvores em Coimbra (António do Carmo Gouveia)
7 de julho | Biodiversidade visível e audível – As aves do JBUC (Luís Pascoal da Silva)
10 de setembro | Bugalhos: Histórias de paixão, lutas e especulação (Francisco López Núñez)
13 de outubro | A diversidade de peixes na costa Portuguesa (Filipe Martinho)
24 de novembro | A biodiversidade de fungos e organismos fotoautotróficos em monumentos calcários na zona da UNESCO | Coimbra-Alta e Sofia (Laboratório de Biologia Molecular)

 

Cristina Pinto

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »

oo