Colóquio dedicado a António Variações na Universidade de Coimbra

Dez 5, 2017

O evento vai realizar-se a 7 e 8 de dezembro. No último dia, pelas 21h30, o TAGV recebe o concerto "Sempre Além: um espetáculo em torno de António Variações".

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

AntónioVariações

De 7 e 8 de dezembro a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) organiza o colóquio internacional “Variações sobre António. Um colóquio em torno de António Variações”.

Segundo a organização, o colóquio “propõe-se estudar, quer a obra do compositor e cantor, quer aquilo que nela é sintoma de fenómenos mais vastos – um deles, e dos mais importantes, a forma como a cultura portuguesa posterior à Revolução de 1974 tenta sintonizar-se / dessintonizar-se com o mundo exterior e, em particular, com a cultura e civilização saída dos anos 60, sobretudo aquela latamente designável como pop”.

A cerimónia oficial de abertura tem lugar no dia 7, pelas 09h30, no Anfiteatro II da FLUC. Durante o resto do dia, e no dia seguinte, sucedem-se palestras dedicadas à vida e obra de António Variações (ver programa).

O colóquio conta com uma programação complementar, na área dos concertos e performances. No primeiro caso, a organização desafiou músicos e bandas da zona de Coimbra para reinventarem a música de Variações, num concerto que terá lugar no TAGV, a 8 de dezembro, pelas 21h30, e que se intitula “Sempre Além: um espetáculo em torno de António Variações”.

No que toca à performance, foi produzida uma Call for Performances subordinada ao título «Variações performáticas sobre António». As performances selecionadas vão ter lugar na Sala do Carvão (Casa das Caldeiras) e na Casa das Artes Bissaya Barreto (Avenida Sá da Bandeira, 83).

Para a organização, “falar de António Variações é, pois, falar sempre de muito mais do que apenas das suas canções, já que não custa ler na sua obra e na forma como performatiza a sua identidade (pessoal e coletiva) algo que nos ajuda a ler Portugal na segunda metade do século XX, da música e da poesia à cultura, à sociedade e ao estado do «corpo político»”.

A iniciativa é pensada sobretudo para as áreas disciplinares da musicologia, estudos artísticos, estudos literários, estudos intermédia, estudos culturais, ciências sociais, média e comunicação e história contemporânea.

A comissão científica do colóquio é constituída por Adriana Calcanhotto (Artista, Professora convidada na FLUC); Fernando Matos Oliveira (Teatro Académico Gil Vicente); Manuel Portela (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura); Paula Gomes-Ribeiro (NEGEM – Núcleo de Estudos em Género e Música); Paula Guerra (FLUP, Projeto Make It Fast, Keep It Simple); Paulo Estudante (Área de Estudos Artísticos da FLUC); Sérgio Dias Branco (Área de Estudos Artísticos da FLUC); Soraia Simões (FCSH, Projeto Mural Sonoro) e Stephen Wilson (Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da FLUC).

O colóquio é uma proposta do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, e da área de Estudos Artísticos, ambos da FLUC. Conta com o apoio do Centro de Literatura Portuguesa, do Teatro Académico de Gil Vicente, do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, e do Jazz ao Centro Clube.

São entidades parceiras do colóquio o projeto Keep It Simple, Make It Fast, coordenado por Paula Guerra, o Núcleo de Estudos em Género e Música, coordenado por Paula Gomes-Ribeiro, e o Projeto Mural Sonoro, coordenado por Soraia Simões. Todas estas entidades estão representadas na Comissão Científica do colóquio.

 

Mais informações aqui.

Programação completa aqui.

 

Milene Santos

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »