A análise da situação atual provocada pela pandemia de Covid-19 e o perspetivar dos próximos tempos foram os tópicos dominantes da mais recente reunião do Conselho Geral (CG) da Universidade de Coimbra (UC), concluída na segunda-feira (dia 6). Em análise, nesta reunião (iniciada a 29 de junho e excecionalmente dividida em duas partes), estiveram também os resultados do projeto SUPERA e o balanço da atividade do Provedor do Estudante da UC em 2019.

O ponto central da segunda parte da reunião foi “a análise da situação atual, provocada pela pandemia de Covid-19, e das perspetivas que se abrem” para o futuro, explica o presidente do Conselho Geral, João Caraça. “Este é um ponto que vamos manter aberto em todas as próximas reuniões do Conselho Geral. Numa situação que muda tão rapidamente, e de maneiras tão inesperadas, temos que ir ajustando a nossa perceção e aconselhando, para a Universidade de Coimbra ter uma resposta forte e sair por cima deste processo”, sublinha João Caraça.

Na primeira parte dos trabalhos da segunda reunião ordinária do CG em 2020 (a 29 de junho), para além do balanço da atividade do Provedor do Estudante da UC em 2019, esteve em foco o projeto SUPERA. “Estivemos a apreciar, ouvir e pensar sobre os resultados do projeto SUPERA, um projeto da UC sobre a questão das desigualdades de género na investigação científica e sobre a necessidade de introduzir políticas de correção dessas desigualdades”, conclui João Caraça.

A próxima reunião ordinária do Conselho Geral está marcada para 28 de setembro.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »