Da Quina à Quinina dá mote para exposição e palestras científicas

Fev 28, 2019

Caminhos da Ciência Portuguesa também se debatem na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

FFUC Farmácia MC2018
Fotografia: © UC | Marta Costa

A quina é uma planta “que teve um caminho importantíssimo, não apenas geográfico mas também medicinal”, começa por explicar João Rui Pita. O docente da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) é um dos responsáveis do projeto “Caminhos da Ciência Portuguesa: Da Quina à Quinina”, uma exposição que é inaugurada a 1 de março na FFUC, no âmbito da 21.ª Semana Cultural da UC.

A exposição “pretende demonstrar e dar a conhecer os caminhos que a quina, e depois a quinina, tiveram na Europa desde o século XVII”, continua o docente. De acordo com João Rui Pita, “a quina é uma planta com propriedades medicinais proveniente da América do Sul, que chegou à europa no século XVII”. Como tinha propriedades contra as febres intermitentes, os europeus “ficaram deslumbrados pelas propriedades que tinha”.

Com o evoluir dos processos químicos, em particular com o “isolamento dos princípios ativos da quina foi extraída a quinina”. A partir daí, “e face aos progressos da química e da indústria, a quinina começou a ser utilizada na preparação de medicamentos”.

De acordo com João Rui Pita, “é um exemplo muito interessante de uma planta medicinal, originária de outro continente e que vem para a Europa. Os países europeus tiveram grande interesse comercial, científico e médico na planta”, sublinha. O docente destaca que também na FFUC houve “estudos muito relevantes sobre a quina e a quinina”.

Para além da exposição, patente até abril, a organização vai promover palestras “divulgativas de base cientifica para o grande público”, duas a realizar em março e duas em abril. João Rui Pita revela que o objetivo é “abordar a quina, do ponto de vista médico, farmacêutico, químico e botânico”.

A organização está a cargo de João Rui Pita, Victoria Bell e Maria Guilherme Semedo, da FFUC.

 

Conheça toda a programação da 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra aqui.

 

Marta Costa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »