Disponibilização de conteúdos em Acesso Aberto como medida para viabilizar um acesso alternativo à informação

Abr 1, 2020

Bibliotecas de conhecimento on-line e o Serviço Integrado de Bibliotecas da BGUC são dois dos principais meios para aceder, de forma agregada, a conteúdos, como incentivo à continuação do estudo e investigação.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

Biblioteca Geral 2015MC
Fotografia: © UC | Marta Costa

“Como consequência das medidas de contenção social em vigor, o acesso às bibliotecas da UC e de outras instituições deixou de poder ser feito presencialmente. No sentido de minimizar o prejuízo que tal situação traz à atividade de estudo e de investigação, têm sido tomadas várias medidas conducentes a viabilizar um acesso alternativo à informação”, afirma o Vice-Reitor para a Cultura e Ciência Aberta, Delfim Leão.

A disponibilização de conteúdos em Acesso Aberto é uma dessas medidas. O responsável destaca “dois dos principais meios para aceder, de forma agregada, aos conteúdos”.

– B-on (biblioteca de conhecimento on-line): “um número significativo de editores (B-on e não B-on) está a facultar Acesso Aberto a muitos dos seus conteúdos/coleções, sejam os que abordam especificamente o COVID-19, na área da saúde, sejam ainda coleções de natureza mais interdisciplinar”, refere o Vice-Reitor.

A compilação oficial de recursos cujo acesso se encontra livre de qualquer restrição pode ser encontrada aqui.

– BGUC: “através do seu Serviço Integrado de Bibliotecas, tem igualmente vindo a agregar informação sobre as bases de dados / bibliotecas digitais disponíveis, algumas das quais externas à B-On. O website da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra faculta ainda informação útil sobre a forma de aceder a estes e outros meios de apoio à atividade de docência e de investigação”, acrescenta Delfim Leão.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »