a carregar...

Maria João Rodrigues, professora da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), foi eleita presidente da European Academy of Craniomandibular Disorders (EACD).

Trata-se da mais prestigiada organização europeia desta área do saber que reúne membros de 20 países e cuja admissão, para além da apreciação curricular, decorre de duas provas públicas.

Para a docente da FMUC, a eleição para presidente da European Academy of Craniomandibular Disorders, que muito a honra, resulta do reconhecimento da sua capacidade «para dar continuidade ao prestígio e respeito que esta Academia granjeou entre os pares da comunidade científica internacional».

A EACD tem propósitos científicos e pedagógicos, promovendo o desenvolvimento da área de dor orofacial e disfunções craneomandibulares com base em evidência científica.

Durante o mandato de Maria João Rodrigues, a exercer em 2018, decorrerá o congresso mundial promovido pela EACD em conjunto com as suas congéneres mundiais, designadamente: American Academy of Orofacial Pain; Asian Academy of Craniomandibular Disorders; Australia & New Zealand Academy of Orofacial Pain Academia Ibero Latinoamericana de Disfuncion Craneo-mandibular Y Dolor Facial.

 

Maria João Rodrigues

 

Nota de imprensa: Cristina Pinto

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo