a carregar...

João Ramalho-Santos, diretor do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC) e docente do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC), foi reconhecido pelo programa Frontiers in Reproduction (FIR) do Marine Biology Laboratory, em Woods Hole (Massachusetts, EUA), pelos seus contributos no âmbito da biologia reprodutiva.

A distinção premeia os ex-alunos do programa e nunca tinha sido atribuída a um investigador não sediado nos Estados Unidos ou Reino Unido.

Trata-se de um prémio que muito me honra

O Conselho Científico do FIR, que decide o prémio, considerou João Ramalho-Santos o investigador do ano entre 308 cientistas formados naquela instituição. A cerimónia de entrega do “2015 FIR Distinguished Alumni Award” terá lugar no dia 11 de Junho de 2015.

«Trata-se de um prémio que muito me honra, dado o nível científico extremamente elevado dos alunos do FIR (informalmente designados “FIRbees”), e as posições de liderança que ocupam mundialmente», afirma João Ramalho-Santos.

Dirigido a cientistas e clínicos da área da Biologia da Reprodução, o Programa FIR é um curso laboratorial intensivo e competitivo realizado anualmente.

 

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo