Doutorado da FLUC vence prémio nacional de História Contemporânea

Nov 18, 2015

O Prémio Victor de Sá foi instituído pela Universidade do Minho há 24 anos.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

FLUC
Fotografia: © UC | Marta Costa

Duarte Manuel Roque de Freitas é o vencedor do Prémio Victor de Sá de História  Contemporânea de 2015, atribuído ao seu trabalho “Memorial de um complexo arquitetónico enquanto espaço museológico: Museu Machado de Castro (1911-1965)”.

O trabalho é a reprodução da tese de doutoramento em Letras (Área de História e Especialidade em Museologia e Património Cultural) que foi apresentada à FLUC em maio passado e feita sob orientação de Irene Vaquinhas e Regina Anacleto.

O Prémio Victor de Sá foi instituído pela Universidade do Minho, há 24 anos, resultante de uma doação do Professor da FLUP que lhe dá nome, e visa distinguir jovens investigadores (até aos 35 anos) com trabalhos sobre História Contemporânea, tentando, desse modo, estimular a continuidade da investigação.

 

 

Duarte Freitas (prémio Victor de Sá 2015)

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »