Descobrir no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra os sons envolventes e os sons de que o silêncio é feito, recorrendo a uma escultura sonora instalada no jardim, é o que propõe o projeto INsono: O ouvido secreto das plantas, uma produção Sonoscopia integrada na iniciativa Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade.

A instalação estará acessível ao público em geral de 19 a 22 de julho, entre 10 e as 18 horas, e a participação é gratuita.

Este projeto faz parte de um conjunto de obras que a Sonoscopia tem vindo a desenvolver e que adquire novas formas consoante o contexto e local onde é apresentado. INsono foi inicialmente desenvolvido para o festival Big Bang Lisboa e apresentado no Centro Cultural de Belém (outubro de 2015), no Onassis Cultural Center em Atenas (maio de 2016) e no festival Lisboa Soa (setembro de 2016), nos jardins da Tapada das Necessidades.

Já o projeto Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade é desenvolvido pelo serviço educativo do Jazz ao Centro em coorganização com o município de Coimbra. Na sua 2ª edição conta com a parceria do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e do Museu da Água.

O programa visa dar a conhecer a cidade de Coimbra através de uma perspetiva audível: a partir das suas paisagens sonoras. Procura sensibilizar para a escuta e para o som como possibilidade de descoberta e conhecimento, enquanto objeto social e criativo, num processo em que os sentidos se complementam.

O percurso sonoro proposto liga o Convento São Francisco ao Jardim Botânico, com passagem pelo Museu da Água, no Parque Manuel Braga.

Mais informação disponível em: www.facebook.com/events/534835993585363/www.sonoscopia.pt e www.facebook.com/DARaOUVIR.

 

Cristina Pinto

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »