Especialista da UC convidado para avaliar o mais violento incêndio da história de Israel

Fev 2, 2015

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

incendiomontecarmel
Imagem de satélite do incêndio em 3 de dezembro de 2010
Fotografia: © NASA

Domingos Xavier Viegas, especialista em incêndios florestais, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), está de partida para Israel.

Por solicitação do Governo israelita, o investigador vai intervir como perito científico num processo judicial em curso no âmbito do mais grave e violento incêndio da História de Israel ocorrido em 2010 no Monte Carmel. O incidente provocou a morte a 44 pessoas, na sua maioria guardas prisionais que foram surpreendidos pelas chamas quando tentavam retirar os detidos numa prisão ameaçada pelo fogo.

O Catedrático da Universidade de Coimbra tem como responsabilidade avaliar e produzir um parecer científico sobre o comportamento do fogo que lavrou durante quatro dias, em dezembro de 2010, especialmente “sobre as condições de propagação deste incêndio e sobre a avaliação dos seus efeitos na natureza e na vida socioeconómica, em confronto com as medidas de prevenção e combate adotadas”.

Para Domingos Xavier Viegas, o convite do Governo israelita reconhece “a investigação desenvolvida no Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra ao longo das últimas três décadas. Um trabalho de equipa persistente e consolidado e que tem merecido o apoio e reconhecimento da comunidade científica e operacional”.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »