A área de Ciências Médico-Legais e Ético-Deontológicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (UC) ministrou este mês (12 e 13 de agosto) em Timor-Leste, na cidade de Díli, um curso de introdução à Patologia Forense.

A formação, realizada sob a égide do Comité Internacional da Cruz Vermelha, foi dirigida a 25 auditores, médicos, elementos da Polícia Nacional e da Polícia Científica de Investigação Criminal de Timor.

Ministrado pelo catedrático Duarte Nuno Vieira em colaboração com Andrés Patiño, antropólogo forense da Cruz Vermelha responsável pelo setor da Ásia, o curso envolveu um conjunto de aulas teóricas sobre a importância, objetivos e diversos aspetos gerais relativos às autópsias médico-legais, bem como a análise e discussão de múltiplos casos práticos, procurando salientar a necessidade e vantagens das investigações multidisciplinares.

O curso teve também uma vertente prática, envolvendo autópsias realizadas nos serviços médico-legais do Hospital Nacional Guido Valadares pelo professor Duarte Nuno Vieira. No âmbito desta deslocação, o docente da UC manteve ainda reuniões com entidades oficiais de diversos organismos e ministérios timorenses, tendo ficado já perspetivadas algumas outras ações de formação.

Até ao final de 2015, a área de Ciências Médico-Legais e Ético-Deontológicas da FMUC vai promover ainda cursos de formação em vários países do médio-oriente, asiáticos e centro e sul-americanos, em colaboração com diversas organizações internacionais.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »