a carregar...

Jornalista e escritor, Fernando Paulouro das Neves foi hoje distinguido com o Prémio Eduardo Lourenço 2017. Vencedor do Prémio Gazeta de Mérito e de Carreira em 2014, galardão atribuído pelo Clube dos Jornalistas, Fernando Paulouro das Neves foi chefe de redação e diretor do Jornal do Fundão, sendo também autor de vários livros e criador do blogue “Notícias do Bloqueio”.

O prémio, no montante de 7500€, foi instituído 2004 pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI) e destina-se a premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas . O júri, presidido este ano pelo Reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, é composto ainda por pelos restantes membros da direção do CEI (que, para além do Reitor da UC, inclui o Reitor da Universidade de Salamanca e Presidente da Câmara Municipal da Guarda) e por mais oito personalidades.

“Protagonista de um jornalismo fortemente literário, que tantas vezes lhe permitiu contornar a censura pela finura da escrita, Fernando Paulouro das Neves representa muito bem a ligação entre os dois lados da raia ibérica, vividos e defendidos ao longo de uma vida de resistência. Regional, mas sempre com relevância global, mostra que o mundo precisa da reflexão vinda dos pequenos lugares. Partilha as beiras agrestes e a perspectiva que elas transmitem, com o próprio Eduardo Lourenço; em ambos o pensamento não se imagina sem o vento da raia, e a vivência dos locais que o futuro ameaça abandonar, mas que ambos acreditam que se manterão relevantes e até indispensáveis”, adiantou o júri do prémio.

Fernando Paulouro das Neves junta-se a nomes como Maria Helena da Rocha Pereira (vencedora em 2004), Agustín Remesal (2006), Maria João Pires (2007), Ángel Campos Pámpano (2008), Jorge Figueiredo Dias (2009) e César António Molina (2010), Mia Couto (2011), José María Martín Patino (2012) e Jerónimo Pizarro (2013), Antonio Sáez Delgado (2014) e Agustina Bessa Luís (2015) e Luis Sepúlveda (2016).

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo