O astrónomo suiços Didier Queloz e o astrofísico Michel Mayor são os vencedores do Prémio Nobel de Física pela descoberta de um exoplaneta orbitando uma estrela semelhante ao Sol.

O prémio foi dividido com o físico canadiano James Peebles pelas descobertas teóricas na cosmologia física.

Alexandre Correia, investigador do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), fala-nos sobre a importância da descoberta de exoplanetas.

F. Fernandes e Milene Santos

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »