Multinacional ABB distingue estudo de aluno da FCTUC

Jan 15, 2020

O estudante desenvolveu algoritmos de controlo inovadores para fontes de tensão ininterruptas (UPS), ligadas em paralelo. Os algoritmos desenvolvidos por Tiago Oliveira "permitem controlar a potência individual que cada sistema UPS fornece à carga, possibilitando assim uma maior fiabilidade e rendimento do sistema", acrescenta.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

Pólo2_edf central
A cerimónia de entrega do prémio vai decorrer na próxima sexta-feira, dia 17 de janeiro, na Sala do Conselho do edifício central da FCTUC, no polo II da Universidade de Coimbra.
Fotografia: © UC | Milene Santos

Um estudo na área de sistemas de alimentação de energia elétrica de elevada fiabilidade, realizado por Tiago José Leitão de Oliveira, estudante da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), acaba de ser distinguido com o “Prémio ABB” do ano letivo 2018/2019, atribuído pela multinacional Asea Brown Boveri (ABB).

A cerimónia de entrega do prémio vai decorrer na próxima sexta-feira, dia 17 de janeiro, pelas 15 horas, na Sala do Conselho do edifício central da FCTUC, no polo II da Universidade de Coimbra.

Tiago Oliveira efetuou este estudo no âmbito da sua tese de mestrado, intitulada “Model Predictive Control of Parallel Connected Uninterruptible Power Supplies”, tendo obtido a classificação final de 19 valores. Em concreto, o estudante desenvolveu algoritmos de controlo inovadores para fontes de tensão ininterruptas (UPS), ligadas em paralelo.

Os sistemas UPS «permitem alimentar cargas elétricas em boas condições, mesmo quando ocorrem perturbações severas ou interrupções no fornecimento de energia elétrica», explica André Mendes, docente do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FCTUC e orientador da tese.

Os algoritmos desenvolvidos por Tiago Oliveira «permitem controlar a potência individual que cada sistema UPS fornece à carga, possibilitando assim uma maior fiabilidade e rendimento do sistema», acrescenta.

A dissertação de mestrado esteve enquadrada no projeto DRIFT – “Datacenter Resilience Increase through Fault Tolerance in UPS systems”, em curso no Laboratório de Sistemas de Energia do polo da Universidade de Coimbra do Instituto de Telecomunicações.

O “Prémio ABB” distingue anualmente o estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FCTUC que tenha obtido a classificação mais elevada numa dissertação de mestrado desenvolvida nas áreas de acionamentos / variação de velocidade ou transformadores de potência. O prémio, no valor de mil euros, inclui ainda um estágio remunerado na empresa.

 

Cristina Pinto

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »