A partir da “pluralidade de objetos do espólio do Museu Académico, realçando a Academia Coimbrã: as pessoas, as estórias e o seu passado”, surge o projeto “Contribuição da Academia para a Identidade Europeia”.

A iniciativa, que partiu de um cidadão e é apoiada pelo Museu da Ciência, onde está agregado o Museu Académico, envolve a realização de uma exposição itinerante que ligue Coimbra, Bolonha e Salamanca – que das dez universidades mais antigas do mundo, são as únicas que agregam museus académicos.

“Temos andado à procura de estratégias que ajudem a criar condições para que haja um melhoramento do Museu Académico. Face a esta situação, e com a abertura de candidaturas para o orçamento participativo – que tem como tema este ano «a contribuição de Coimbra para a Europa» – entendemos que a academia tem contribuições muito importantes, algumas delas aqui preservadas “, sublinha o diretor adjunto do Museu da Ciência, Paulo Trincão.

Para o responsável, “este dinamismo, que servirá a organização das exposições, vai introduzir uma componente dinâmica no Museu Académico da Universidade de Coimbra”.

O projeto está em escrutínio público e precisa de si para poder concretizar-se. Através da terceira edição do Orçamento Participativo Jovem, é possível apoiar a candidatura.

Para votar não é necessário ter residência em Coimbra. Basta aceder à página, tendo consigo o seu Cartão de Cidadão (vai precisar inserir não apenas os números, mas também o código com letras) e votar: https://coimbrajovemparticipa.cm-coimbra.pt/projetos/coimbra-jovem-participa-2020-projeto-5.

 

Marta Costa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »