É, como referiu o Reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, mais um desafio para a instituição: o de criar junto com a Talkdesk “algo que seja relevante e competitivo pelo mundo inteiro”. A UC e a plataforma tecnológica portuguesa formalizaram esta sexta-feira, na Sala do Senado, um protocolo de cooperação técnico-científica.

O acordo, assinado pelo Reitor e pelo diretor-geral da Talkdesk, Marco Costa, foca-se em particular na execução de projetos de investigação e desenvolvimento, na promoção de programas de investigação em contexto empresarial e na organização de atividades de ligação aos alunos e investigadores da UC.

Projetando a abertura de um laboratório de inovação, instalado no Instituto Pedro Nunes em 2019, a Talkdesk – empresa com escritórios em São Francisco, Salt Lake City, Lisboa e Porto e que entrou recentemente no universo restrito das empresas “unicórnio” (startups com um valor superior a mil milhões de dólares) “quer desenvolver novos produtos a partir de Coimbra”, explicou Marco Costa. E o facto de mais uma empresa que não nasceu na cidade e que está a ter enorme sucesso internacional ter escolhido Coimbra para instalar um seu centro de investigação e desenvolvimento é mais um reconhecimento da qualidade da formação e da investigação da UC e do ecossistema de inovação que existe em redor da instituição.

“Esta parceria com uma empresa que quer traçar as tendências do seu setor é um desafio para os nossos estudantes e investigadores que têm, desta forma, mais uma oportunidade de criarem o futuro”, conclui João Gabriel Silva.

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »