“Serenatas com a Lua por perto” chegam ao Pátio das Escolas

Set 4, 2018

Programação da Orquestra Clássica do Centro engloba outros pontos da zona classificada como Património da Humanidade da UNESCO.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Paço das Escolas à noite
Fotografia: © UC | Marta Costa

“Serenatas com a Lua por perto” é o nome do ciclo que a Orquestra Clássica do Centro (OCC) leva a vários locais de Coimbra durante setembro. Um dos locais escolhidos é o Pátio das Escolas da Universidade de Coimbra (UC), um concerto em memória do antigo reitor da UC, Rui de Alarcão.

“O ciclo de concertos tem características que, na nossa perspetiva, o ligam à cidade de Coimbra”, sublinha a diretora da OCC, Emília Martins. Por um lado, ao denominar-se “Serenatas com a Lua por perto”, o ciclo entra no imaginário “ligado tradicionalmente à cultura coimbrã” – “são serenatas”. Mas aqui, têm “uma outra abordagem”, explica Emília Martins, ao referir as serenatas “no âmbito da música erudita”. “Muitos compositores escreveram serenatas”, não apenas estudantes, continua a responsável.

Por outro lado, o objetivo era apresentar os concertos “em espaços que têm a ver ou que procuramos que tenham a ver com Coimbra Património da UNESCO”. Por isso mesmo, conta a diretora da OCC, “Serenatas com a Lua por perto” é composto por quatro espetáculos gratuitos na zona classificada como Património da Humanidade da UNESCO. O primeiro, a 8 de setembro, acontece no Palácio da Justiça, no fim da Rua da Sofia, local onde também vai acontecer o espetáculo de 21. A 14, é o Pátio das Escolas da Universidade de Coimbra que recebe as “Serenatas com a Lua por perto”. Depois, a 22 de setembro, a OCC vai até ao Museu Nacional Machado de Castro.

“Estas serenatas foram concebidas com outra característica” que Emília Martins destaca. “Correspondem às quatro fases da lua e, de acordo com estas fases da lua, assim também são as formações que apresentamos, seja toda a orquestra, um trio e o nosso percursionista ou só com as cordas”, explica. No Pátio das Escolas da UC, o concerto tem a particularidade de ser realizado em memória a Rui de Alarcão, antigo reitor. Aqui, a OCC vai ser acompanhada pela soprano Marina Pacheco, o tenor Mário Alves e o maestro Cesário Costa.

Todos os espetáculos têm entrada livre e início marcado para as 21 horas. A programação completa pode ser encontrada aqui.

 

Marta Costa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »