a carregar...

Sociedade Broteriana promove expedição botânica

Jun 6, 2018

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

expedicao
Fotografia: © DR

A Sociedade Broteriana, com o apoio do Centro de Ecologia Funcional e do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), vai promover, no próximo dia 10 de junho, entre as 9 e as 16 horas, uma expedição botânica pela zona periurbana de Coimbra.

Com ponto de encontro marcado junto ao edifício de S. Bento (Arcos do Jardim Botânico), a iniciativa insere-se na comemoração do centenário da jubilação de Júlio Henriques, professor de Botânica na Universidade de Coimbra ao longo de 52 anos, tendo-se jubilado aos 80 anos (1918).

Júlio Henriques, que organizou numerosas expedições botânicas, indispensáveis ao conhecimento da flora do país, desenvolveu intensa atividade em prol da Botânica. Cuidou do Jardim Botânico, do ensino, da biblioteca, criou o Herbário e o Museu Botânico e fundou, em 1880, a primeira sociedade científica dedicada à botânica em Portugal – a Sociedade Broteriana.

O conhecimento científico da flora de uma região implica a colheita de exemplares das espécies vegetais e a sua preservação numa coleção biológica – num herbário, neste caso. Só assim poderão ser estudados por muitos outros cientistas e verificada a sua identificação. São registos que perduram no tempo, mesmo quando as áreas de estudo são drasticamente modificadas por atividades antropogénicas como urbanização, agricultura, silvicultura, guerras, entre outras.

Com esta expedição botânica, «propomos-lhe conhecer um pouco melhor a flora espontânea da zona de Coimbra. A sua grande diversidade vegetal tem vindo a ser representada no Herbário da Universidade de Coimbra desde o tempo de Júlio Henriques. Desde essa altura, a cidade cresceu e infiltrou-se na vegetação, criando um reticulado de grande importância ecológica. Importa, por isso, conhecer e preservar estas relíquias periurbanas», afirmam os responsáveis pela iniciativa.

Os exemplares colhidos durante esta expedição serão preparados pela equipa do Herbário, e aí depositados com etiquetas indicativas da efeméride.

 

expediçãobot2

 

Mais informação sobre a Sociedade Broteriana disponível aqui.

 

Cristina Pinto

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »