A Universidade de Coimbra (UC) e a Beijing Foreign Studies University (BFSU) assinam na próxima quinta-feira, dia 11, um acordo para a criação do Centro de Estudos sobre a China e os Países de Língua Portuguesa BFSU-UC – o primeiro centro do género que a instituição chinesa abre na Europa. A cerimónia de assinatura decorre pelas 15h00, na Sala do Senado.

A constituição do Centro BFSU-UC, que irá desenvolver projetos de interesse comum nas áreas de Letras e Direito, é mais um importante passo no reforço dos laços entre a Universidade de Coimbra e a República Popular da China. Fundada em 1941, e apelidada de “berço dos diplomatas nacionais”, a Beijing Foreign Studies University, localizada em Pequim, é uma das universidades de estudos estrangeiros mais antigas e prestigiadas da China.

A criação do Centro de Estudos sobre a China e os Países de Língua Portuguesa BFSU-UC segue-se a outros marcos do reavivar da ligação secular entre a Universidade de Coimbra e a República Popular da China, visível no reforço das parcerias e eventos entre a UC e instituições académicas chinesas, na crescente presença de estudantes chineses em Coimbra, no aumento da mobilidade de estudantes da Universidade de Coimbra para instituições chinesas, no desenvolvimento de canais de divulgação da UC em língua chinesa e na criação do Instituto Confúcio (2016), da Academia Sino-Lusófona (2018) e do Centro de Estudos Chineses CASS da UC (2018).

 

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »