A Universidade de Coimbra (UC) continua a reforçar a sua colaboração com a indústria, com o objetivo de promover ativamente o desenvolvimento regional e nacional, contribuindo para o posicionamento da Região Centro como uma das mais inovadoras da Europa.

Neste contexto, a UC foi considerada a universidade portuguesa que produz mais publicações científicas em conjunto com parceiros da indústria.

Estas publicações científicas, integradas em revistas mundialmente conceituadas, resultam das parcerias que a UC estabelece com a indústria ao nível dos projetos de investigação, que resultam muitas vezes na valorização comercial do conhecimento produzido.

O ranking universitário internacional Leiden classifica as instituições de acordo com o seu desempenho científico

Estes resultados, divulgados no contexto do ranking universitário internacional Leiden, são muito promissores quanto às oportunidades que se perspetivam para o posicionamento da região na obtenção de financiamento competitivo no quadro do Horizonte 2020 e Portugal 2020.

O ranking universitário internacional Leiden classifica as instituições de acordo com o seu desempenho científico, recorrendo a indicadores bibliométricos, e classifica as universidades quanto ao impacto das publicações científicas e colaborações estabelecidas com outras instituições. A edição de 2015 é baseada nas estatísticas bibliométricas do período compreendido entre 2010 e 2013.

As publicações científicas constituem uma evidência da cooperação com a indústria através de projetos financiados por diversas entidades: Agência de Inovação, S.A. (ADI), Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP, Comissão Europeia (7ª Programa Quadro, Horizonte 2020, Fundo do Carvão e do Aço).

A Universidade de Coimbra registou um financiamento plurianual crescente (no período 2011 a 2013), atingindo em 2013 mais de seis milhões de euros de orçamento em projetos com a indústria.

Relativamente a 2014, o conjunto de candidaturas já negociadas permite apurar um financiamento plurianal de dois milhões e quatrocentos mil euros, dos quais, dois milhões de euros resultam de financiamento atribuído pelo atual programa quadro, o Horizonte 2020.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »