UC recebe o primeiro balcão universitário do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Out 21, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

“Há muitos sotaques na Lusofonia, há poucos sítios, como em Coimbra, onde podem ter contacto com os sotaques todos ao mesmo tempo, não é uma confusão é uma riqueza”. Foi desta forma que o Reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, inaugurou o posto de atendimento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) na UC.

O posto está localizado na Casa da Lusofonia e é o resultado de uma parceria inovadora entre a Universidade de Coimbra e o SEF. O novo balcão, exclusivo para a comunidade universitária, pretende agilizar as formalidades que os estudantes estrangeiros necessitam para estudar na UC, bem como facilitar a mobilidade internacional de pessoal da UC em missões oficiais.

“Não é por acaso que escolhemos a Universidade mais antiga do país e uma das mais antigas do mundo para dar início a este projeto. Primeiro pelos laços que a unem ao SEF, numa colaboração que vem de longe, e depois pela importância da Universidade como pólo dinamizador de conhecimento e de inovação nacionais mas também pela sua importância social, económica e cultural”, revelou o Diretor Nacional do SEF, Manuel Jarmela Palos, durante a cerimónia de inauguração do espaço de atendimento. O Diretor acrescentou ainda que “passa a ser possível conceder neste espaço (Casa da Lusofonia) o passaporte português comum e especial”.

Não é por acaso que escolhemos a Universidade mais antiga do país e uma das mais antigas do mundo para dar início a este projeto

João Gabriel Silva, Reitor da UC, mostrou-se “convencido de que a iniciativa vai ser um sucesso, pois este valor acrescentado vai-nos permitir (Universidade de Coimbra) continuar a ter uma posição decisiva”.

Pedro Lomba, Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, espera que o protocolo possa contribuir para a vinda de mais estudantes internacionais para o nosso país. “É disso que as nossas universidades precisam e que Portugal precisa para o futuro”, referiu.

O Secretário de Estado da Administração Interna, João Pinho de Almeida, frisou a expetativa de que esta seja “uma experiência feliz e que Coimbra sirva mais uma vez de exemplo e contagie toda a realidade académica ao nível nacional para que possamos abrir espaços destes em muitas outras instituições de ensino superior”.

No âmbito da parceria estabelecida, o SEF providencia os recursos técnicos e humanos para apoio e prestação de informação a estudantes, professores e investigadores estrangeiros que se encontram em Portugal para frequentar a UC, e para a concessão de passaportes à comunidade universitária, nos termos da legislação aplicável. Por seu lado, a UC disponibiliza o espaço para o referido posto de atendimento, nas instalações da Casa da Lusofonia, e assegura os circuitos de comunicação adequados à missão do SEF no local.

A cerimónia de inauguração contou com a presença do Diretor Nacional do SEF, Manuel Jarmela Palos, do Secretário de Estado da Administração Interna, João Pinho de Almeida, do Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Pedro Lomba, do Reitor da UC, João Gabriel Silva e do Vice-Reitor da UC, Joaquim Ramos de Carvalho.

Redes Sociais

2 comentários a UC recebe o primeiro balcão universitário do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

  1. Sayuri Goda diz:

    Como sou uma antiga estudante estrangeira, estou contente de saber esta notícia.
    Noutros tempos, o balcão do SEF estava muito próximo da Universidade, e não preciso de preocupar tempo de deslocar para tratar os assuntos. Nem tanto fica longe, mas ir até a Loja de Cidadão é faz diferente. Voltou ao pé de nós… será uma boa oferta do serviço prestado.
    Agora, coloco aqui uma questão. Disse que funciona (exclusivamente) à comunidade universitária. Deste caso, os docentes e funcionários (o meu caso, sou bolseira) podemos aproveitar algum serviço, ou funciona só para os estudantes? Isto não é para dizer contra, só para perguntar. Compreendo que há imensos trabalhos só para os estudantes, como eu precisava no tempo dos estudos.
    Obrigada, e bom trabalho para os senhores funcionários do SEF. E igualmente, bom trabalho aos estudantes, e divertem-se a vida em Coimbra! Quando vocês irem à casa, espero que a vossa mala ficarão cheias de boas lembranças de convívio nesta cidade e universidade.

    • PIMC diz:

      O posto de atendimento destina-se à comunidade universitária (estudantes, investigadores, docentes e funcionários).

« »