Os dados, referentes a 2019, foram anunciados no passado dia 17 de julho pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

De acordo com a tutela, a Universidade de Coimbra é a segunda instituição de ensino superior público com mais cursos que garantem o acesso ao pleno emprego assim que os alunos terminam os seus estudos.

A saber, os cursos de Ciências Bioanalíticas, Física, Medicina, Português e Química Medicinal são os cursos superiores da Universidade de Coimbra cuja taxa de desemprego é de 0%.

No ano passado, o desemprego entre os recém-licenciados do ensino superior público voltou a descer, situando-se nos 3,3%. No entanto, quem opta por graduar-se nestes cinco cursos tem a garantia de ter emprego à sua espera.

As candidaturas da primeira fase ao ensino superior começam a 7 de agosto próximo.

De referir ainda que a Universidade de Coimbra elaborou uma campanha multicanal – “A Tua Porta para o Mundo” – cujo objetivo é mostrar as razões que fazem da Universidade de Coimbra a escolha mais acertada para quem pretende ingressar no ensino superior em Portugal.

A campanha conta com uma série de testemunhos de estudantes da UC que confirmam, na primeira pessoa, o êxito da opção que tomaram quando escolheram a Universidade de Coimbra para estudar.

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »