Velhos e Novos Caminhos inauguram a 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra

Fev 26, 2019

Concerto de abertura acontece pelas 21h30 no TAGV.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

OAUC
Fotografia: © Uc | Paulo Amaral

“Estamos a explorar novos caminhos que, ao mesmo tempo, são velhos”. É assim que a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra (OAUC) inaugura a 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra (SCUC). O concerto de abertura realiza-se às 21h30 de 1 de março, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) e os bilhetes já estão à venda.

Há um “desafio para a OAUC” no espetáculo “Velhos e Novos Caminhos”, revela Daniel Chichorro. O membro da comissão da OAUC conta que Tiago Oliveira sobe a palco como maestro convidado, o que acontece “pela primeira vez”. O maestro titular da orquestra académica da Universidade de Lisboa, “e, portanto, conhecedor do meio das orquestras académicas”, trás a Coimbra “uma visão diferente”, explica Daniel Chichorro.

As peças que Tiago Oliveira vai dirigir são da sinfonia do “Novo Mundo”, de Dvorák. De acordo com o Daniel Chichorro, “é uma peça mais conhecida e das mais tocadas do repertório de música sinfónica”, o que se torna “um desafio maior” para a OAUC.

Num concerto repleto de “primeiras vezes”, Daniel Chichorro revela ainda que o maestro da OAUC, André Granjo, após pesquisa, “descobriu mais algumas peças” do compositor português Francisco Lacerda, que “nunca foram tocadas”. “Para nós é um caminho novo explorá-las, porque nunca foram ouvidas”, afirma.

Velhos e Novos Caminhos OAUC2019

Informações sobre bilhetes podem ser encontradas na página do evento, aqui, ou na página do TAGV, aqui.

 

Conheça toda a programação da 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra aqui.

 

Marta Costa

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »