Institucional

As "Palavras Ditas" por Fernando Seabra Santos agora em livro

A obra apresentada reúne 64 discursos, um despacho e um convite proferidos por Fernando Seabra Santos enquanto Reitor da Universidade de Coimbra e Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas.

07 dezembro, 2022≈ 2 mins de leitura

© UC l Ana Bartolomeu

"Palavras ditas..." é uma obra que "mostra a história de um período através de um olhar em particular". João Queiró foi um dos apresentantes do livro, em dois volumes, que compreende um "contexto de grandes mudanças no Ensino Superior em Portugal". "Estas palavras ditas podiam ter sito meras palavras de circunstância, mas não o são", acrescentou.

Fernando Seabra Santos foi Reitor da Universidade de Coimbra (UC) entre 2003 e 2011. Durante esse período, entre 2007 e 2010, presidiu ainda ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas. Na sessão de apresentação da obra, Carlos Fiolhais relembrou que "cada reitor deixa uma herança e a de Fernando Seabra Santos está bem patente na Universidade". Relembrando alguns momentos do reitorado, o docente universitário destacou, entre outros, os dois discursos de tomada de posse, "peças notáveis que gostei de reler".

Também António Sampaio da Nóvoa foi um dos convidados a apresentar os volumes. O livro "faz pensar o nosso tempo hoje", garantiu. Para António Sampaio da Nóvoa, "nas Palavras Ditas de Fernando Seabra Santos, vejo uma universidade sem tempo e sem medida". "Um inventário do que foi e do que falta inventar, do que ainda está para vir. Foi assim que li as palavras ditas, de passado, futuro e de defesa das universidades", afirmou.

"É uma honra ser-se Reitor da UC", começou Amílcar Falcão, que ocupa atualmente o cargo. No entanto, "entre o que se sabe e o que realmente se passa, há muito que não é do conhecimento público. São as palavras ditas que realmente interessam". "Sem dúvida que a UC teve um privilégio de contar com o Reitor Fernando Seabra Santos e está-lhe grata", acrescentou.

Identificando-se como "um simples intérprete de uma geração de vontades", Fernando Seabra Santos referiu que "a leitura dos discursos e textos trouxe à memória o entusiasmo dos tempos vividos". O Reitor emérito aproveitou a oportunidade para agradecer publicamente "à equipa coesa de docentes, funcionários e estudantes" que compunham a Universidade durante o período em que ocupou o cargo.

A obra, editada pela Imprensa da Universidade de Coimbra, foi apresentada no Auditório da Reitoria da UC. Saiba mais aqui.

Partilhe