Estudantes premiados por colocarem a UC à Frente

O galardão distingue os estudantes com as melhores notas de candidatura que colocaram a Universidade de Coimbra como primeira opção no concurso de acesso ao Ensino Superior.

AB
Ana Bartolomeu
KP
Karine Paniza
03 maio, 2024≈ 3 mins de leitura

© UC l Paulo Amaral

“Colocar a Universidade de Coimbra (UC) no primeiro lugar da minha candidatura ao Ensino Superior foi certificar-me que daria continuidade à história vivida por irmãos, pais, avós e bisavós igualmente cá licenciados”, conta Maria Baptista Almeida, uma das alunas distinguidas com o prémio UC à Frente. “Tendo nascido e crescido nesta cidade, estudar na UC sempre foi uma decisão desde cedo tomada com firmeza e sem hesitações”, acrescenta a aluna de licenciatura em Engenharia Civil.

Gustavo Mourinho, da licenciatura em Química, considera os prémios UC à Frente “importantíssimos para nos motivar a continuar um trabalho de excelência”. "Se hoje conseguimos estar neste palco a discursar, não é um reflexo apenas do nosso trabalho individual, é também um reflexo das nossas condições sociais, familiares e de tantos outros factores", chamando a atenção para os jovens que, por motivos financeiros ou questões de saúde mental, não conseguem ingressar no Ensino Superior ou desistem antes de terminar o percurso académico.

Nesta edição dos prémios UC à Frente foram distinguidos um total de 34 estudantes, oriundos de 22 escolas de Norte a Sul do país, com nota de candidatura igual ou superior a 18 valores, e que selecionaram a UC como primeira opção no concurso de acesso ao Ensino Superior. Acompanhados por familiares e representantes das escolas de ensino secundário, os estudantes homenageados receberam a distinção no Estádio Universitário de Coimbra, numa cerimónia que integrou o programa da Semana Aberta da Universidade de Coimbra.

Este conteúdo é reproduzido a partir de uma fonte externa e não está disponível porque o seu navegador tem os cookies bloqueados.

Eis o que pode fazer:

A abrir a cerimónia, a Vice-Reitora da UC para o Ensino e a Atratividade, Cristina Albuquerque, começou por agradecer aos familiares pela “confiança que depositaram na UC" e às escolas secundárias “pela exigência que colocaram na formação” dos seus estudantes. A responsável reforçou a importância da união entre os ensinos secundário e Superior “na construção de uma liberdade que se quer responsável”, algo que considera só ser possível erguer através da educação. Por fim, agradeceu aos estudantes premiados “por terem apostado sem reservas na Universidade de Coimbra”. O prémio UC à Frente “celebra o vosso trabalho, dedicação, persistência e foco em objetivos que tantas vezes comportaram sacrifícios e escolhas”.

“Temos vindo numa trajetória positiva” no que diz respeito ao número de estudantes que coloca a UC como primeira opção no concurso de acesso ao Ensino Superior, revela o Reitor da UC, Amílcar Falcão. “Há uns anos tínhamos cerca de 50% de estudantes em primeira opção, atualmente esse valor situa-se acima dos 60%, embora haja cursos em que atingimos os 80%”, sublinha. “E é especialmente importante quando temos estudantes de primeira opção que entram com classificações acima dos 18 valores”. A distinção representa “o esforço individual inserido num coletivo, neste caso as escolas de proveniência” dos galardoados, considera Amílcar Falcão.

A cerimónia terminou com a atuação da FAN-Farra Académica de Coimbra. Saiba mais sobre os prémios UC à Frente aqui.

Partilhe