Investigação

Mulheres da UC na Ciência: Paula Morais

Docente do Departamento de Ciências da Vida da FCTUC e investigadora do Centro de Engenharia Mecânica, Materiais e Processos da UC, Paula Morais é a convidada de outubro na rubrica Mulheres da UC na Ciência.

03 outubro, 2022≈ 2 mins de leitura

© UC | Ana Bartolomeu

É num dos laboratórios de microbiologia do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra que encontramos Paula Morais. A investigadora do Centro de Engenharia Mecânica, Materiais e Processos da UC, o CEMMPRE, recorda que este "agrega diferentes áreas, sobretudo, de engenharia". E o lema passa por ir "ao ambiente, olhar para os microrganismos, descrever a biodiversidade, estudar cada um dos indivíduos, reconhecer o seu potencial, e transformar esse indíviduo numa tecnologia".

De acordo com a também docente, o foco passa ainda por "desenvolver tecnologias que permitam transformar a economia". A ideia, explica Paula Morais, é "valorizar, para deixar de haver a palavra resíduo para passar a haver a palavra matéria-prima secundária".

Para o futuro, a investigadora considera que, para "as soluções de base natural, os micróbios têm um papel fundamental". "O que conhecemos verdadeiramente é uma parte mínima da diversidade do mundo", acrescenta. "Temos todo um mundo para trabalhar, para conhecer esses microorganismos e para entender como é que eles gerem as condições da Terra e, com isso, ajudar-nos a também nós viver com a nossa Terra".

Professora Associada com Agregação da Universidade de Coimbra, Departamento de Ciências da Vida, Faculdade de Ciências e Tecnologia. Licenciada em Biologia, Doutorada e agregada em Microbiologia, pela Universidade de Coimbra. Especialista em microbiologia de ambientes contaminados e desenvolve processos inovadores sustentáveis com base em bactérias. Foi representante da UC na Parceria Europeia de Inovação (EIP) para as matérias primas; Membro da Assembleia da Faculdade de Ciências e Tecnologia e membro da Comissão Coordenadora do CEMMPRE em 2017/19 e a partir de 2021.Coordenadora da licenciatura em Bioquímica na FCTUC (6 anos).

Actualmente, é vogal da direcção da Sociedade Portuguesa de Microbiologia. Coordenadora da Coleção de Culturas de Bactérias da Universidade de Coimbra (UCCCB). É coordenadora/investigadora principal do projecto transnacional ERAMIN REVIVING, é coordenadora UC do projecto H2020 BIORECOVER e do PRIMA SIRAM, e participa em 2 projetos ANI com a participação de empresas na área das matérias primas e economia circular.

Editora académica dos jornais PlosOne e International Journal of Environmental Research and Public Health. Supervisionou mais de 30 alunos de mestrado, 14 de doutoramento e 8 pós-doutorados. Publicou mais de 150 artigos, 107 em revistas científicas internacionais indexadas e 11 capítulos de livros. Participação em mais de 40 projectos de investigação dos quais foi responsável por 15.