Institucional

Novo diretor da FFUC quer mostrar uma Faculdade que "produz investigação com impacto mundial”

Fernando Jorge dos Ramos foi eleito Diretor da FFUC para o biénio 2021-2023 e sucede no cargo a Francisco Veiga.

18 outubro, 2021≈ 3 mins de leitura

© UC | Paulo Amaral

Relembrando que “as vacinas são medicamentos” e que estiveram farmacêuticos destacados na task-force de combate à pandemia – dos quais alguns formados na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC), Fernando Ramos tomou posse como diretor destacando alguns dos principais pontos do programa de ação para o seu mandato.

“Como é possível melhorara o que já é melhor?”, questionou o docente da FFUC, que sucede na direção a Francisco Veiga. Fernando Ramos responde à própria pergunta, desejando, para a Faculdade, “alargar horizontes”.

O diretor da FFUC realçou a importância de não confinar a ciência ao ambiente académico: “Não acredito numa investigação que se guarda a sete chaves nas paredes de numa faculdade. É importante que a ciência e a investigação tenham impacto na sociedade”, referiu. De acordo com Fernando Ramos, é fundamental que “a ciência que se produz na FFUC tenha relevância para além da faculdade, da Universidade, da Cidade, da região, de Portugal, da Europa”. “A FFUC produz investigação com impacto mundial”, garantiu o responsável.

Os recursos humanos são vistos como “o maior ativo de qualquer organização”. E o diretor garantiu comprometer-se “em recrutar os melhores” estudantes. Relembrou ainda que é necessário alargar o número de docentes e corpo técnico, “para não abdicar da qualidade do nosso ensino”.

Fernando Ramos desvendou ainda a vontade de “alargar o leque de oferta, em cursos conferentes e não conferentes de grau”, o início de um programa de mentorado, com a associação de antigos alunos da FFUC, “que permita contribuir para o crescimento pessoal e profissional dos estudantes”

Para o Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, “a área da saúde é uma das áreas prioritárias, e uma das mais fortes, e queremos que seja cada vez mais forte”. De acordo com o responsável, “só o poderá ser com uma Faculdade de Farmácia da UC também forte”.

Reveja a cerimónia de Tomada de Posse na íntegra aqui:

Partilhe