Multimédia

Projetar a Faculdade de Letras como “fonte de criatividade, experimentação e produção”

Ensino, Investigação, Desafios Societais e Internacionalização são os quatro pilares em destaque para o mandato de Albano Figueiredo como Diretor da Faculdade de Letras.

26 julho, 2021≈ 3 mins de leitura

© UC | Marta Costa

“A Faculdade de Letras é uma instituição de serviço público que tem por missão promover a investigação, o ensino, o pensamento crítico, a transferência de saberes no campo das artes, das humanidades e das ciências sociais”, começou por referir o recém-empossado diretor, Albano Figueiredo. “Num tempo em que a crise das humanidades vai já demasiada e penosamente longa, é vital para a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) resistir, mas sobretudo agir e mostrar forte determinação em estar na primeira linha da afirmação do saber humanísticos da universidade, abrindo-se ao mundo e às pessoas”, garantiu o responsável durante a cerimónia na Sala do Senado.

O novo diretor da FLUC declarou que a faculdade, após 110 anos de existência, se prepara para iniciar “um novo ciclo de abertura ao exterior, nacional e internacional, dando-se a conhecer melhor e marcando ainda mais presença na projeção das artes, das humanidades e das ciências sociais, e consolidando a sua vocação de escola de referência nestes domínios”.

Albano Figueiredo reafirmou ainda o compromisso com as pessoas para o próximo biénio. “Os próximos dois anos serão de grande proximidade com todas as pessoas, trabalhando em conjunto para encontrar soluções, numa faculdade humanista, com um diretor [e equipa] de porta aberta, e que, em tempos tão exigentes, não deixa ninguém para trás”.

 

Reveja a cerimónia na íntegra aqui:

 

Marta Costa e Karine Paniza
Atualização
21/09/2021 17:02:10
Partilhe