Institucional

Projeto UC Social propõe voluntariado responsável

Vai ser promovido um programa de preparação para o voluntariado, em que estudantes serão capacitados para uma integração mais estável nas diversas entidades sociais.

13 maio, 2022≈ 2 mins de leitura

© UC | Paulo Amaral

A Universidade de Coimbra celebrou protocolos de colaboração com mais de uma dezena de instituições do setor social, no âmbito do projeto UC Social – que visa promover a participação dos estudantes da instituição em atividades de inovação e empreendedorismo social. O átrio do Student Hub foi o palco do arranque oficial, com a formalização dos protocolos.

A Universidade de Coimbra firmou protocolos com entidades do sector social como a Liga Portuguesa Contra o Cancro, Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra, Associação Acreditar, Fundação Madre Sacramento, Santa Casa da Misericórdia de Coimbra, Associação Casa da Esquina, Associação CELIUM, Fundação Sophia, Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Coimbra, Associação Cavalo Azul e Assistência Médica Internacional.

O projeto UC Social tem como base o estabelecimento de programas de cooperação académica, científica e técnica nas áreas de interesse comum, a parceria em iniciativas sociais desenvolvidas conjuntamente e a organização de atividades formativas da UC. Para além disso, vai ser promovido um programa de preparação para o voluntariado, em que estudantes serão capacitados para uma integração mais estável nas diversas entidades sociais, sendo acompanhados durante todo o processo pela Universidade de Coimbra.

"Para além do ensino e da transferência de saber, uma universidade de excelência é também aquela que constrói com as forças vivas da comunidade um conjunto de propostas e de caminhos que nos leva cada vez mais longe", afirma a Vice-Reitora da UC para os Assuntos Académicos e Atratividade de estudantes pré-graduados, Cristina Albuquerque.

Para além do "desenvolvimento de um voluntariado responsável e comprometido com a sociedade" a Vice-Reitora aposta ainda na "responsabilidade social, orientação para o outro e para a cidadania que se constrói a cada dia".

O coordenador de Inovação Social da UC, Jorge Figueira, acredita que "este é mais um passo na consolidação da estratégia da Universidade de Coimbra de ser uma universidade aberta e colaborativa, disponível para aprender com a sociedade, beneficiando dessa comunhão de interesses".

Sobre o projeto UC Social


O Projeto UC Social pretende contribuir para o aumento das práticas de cidadania ativa entre os jovens, como elemento agregador e efetivo, para a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 das Nações Unidas.

Pretende-se cimentar nos/nas jovens uma atitude e comportamento, um modo de estar em sociedade, tendo por referência os direitos humanos, nomeadamente os valores de igualdade, democracia e justiça social.

Procura-se fomentar e disseminar uma conduta cívica alicerçada em princípios empreendedores, contribuindo para a formação de pessoas responsáveis, autónomas, solidárias, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros, com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo, envolvendo-os na compreensão global do mundo em que vivem e para a construção de processos de coesão social e sustentabilidade.

Entende-se que os jovens de hoje têm que se consciencializar do seu papel enquanto agentes impulsionadores de mudança na sociedade, constituindo-se empreendedores e agentes sociais, e tendo como principal objetivo criar valor social.

As ações dinamizadas no âmbito do UC Social objetivam fortalecer algumas características de um empreendedor social, como a capacidade de iniciativa, inovação, gestão e mobilização de recursos e o sentido de oportunidade.

Através de um processo de continua inovação, flexibilidade, adaptação, aprendizagem e resiliência pretende-se que os jovens afetos a este projeto de revistam de ferramentas úteis e práticas, que lhes permitam, a curto, médio e a longo prazo, construírem-se enquanto ativos sociais.