Institucional

Universidade de Coimbra inaugura tomógrafo PET para investigação de ponta em imagem médica

Equipamento – essencial para o estudo do cérebro e diagnóstico de doenças como distúrbios neurológicos, cardiovasculares e cancro – vai ser apresentado terça-feira, dia 7, no ICNAS, numa sessão com a presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa

06 december, 2021≈ 3 mins de leitura

ICNAS vai inaugurar tomógrafo PET

© Milene Santos

A Universidade de Coimbra inaugura amanhã (terça-feira, 7) um tomógrafo PET (para Tomografia por Emissão de Positrões, que vai dotar o seu Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS) de condições ímpares a nível nacional para a investigação em imagiologia cerebral. O equipamento – essencial para o estudo do cérebro e diagnóstico de doenças como distúrbios neurológicos, cardiovasculares e cancro – vai ser apresentado numa sessão, a partir das 12h00, no ICNAS, com a presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Este tomógrafo é um dos dois equipamentos PET que a Universidade de Coimbra acaba de receber no âmbito da infraestrutura de investigação BIN – Rede Nacional de Imagiologia Cerebral, que está sediada no ICNAS, sob coordenação do docente da Faculdade de Medicina e investigador Miguel Castelo-Branco – envolvendo um investimento global de cerca de 6,5 milhões de euros, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. Um dos aparelhos fica instalado no ICNAS, outro no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Estes equipamentos, com tecnologia de ponta, permitem reforçar a capacidade de investigação e diagnóstico do ICNAS, ao mesmo tempo que estreitam a relação entre médicos e investigadores – e, em particular, entre UC e CHUC, no contexto do Centro Académico Clínico de Coimbra. Combinando as diferentes ferramentas de imagiologia cerebral (Ressonância Magnética e PET) disponíveis no ICNAS, os principais ganhos serão na produção de conhecimento nas áreas de diagnóstico e terapêutica em neurologia, cardiologia e oncologia.

A sessão de apresentação do novo tomógrafo PET vai contar com as intervenções do Coordenador da BIN – Rede Nacional de Imagiologia Funcional Cerebral, Miguel Castelo-Branco, do Diretor do Instituto das Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde, Antero Abrunhosa, do Vogal da Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Centro, Jorge Brandão, da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e do Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão.

Partilhe