Multimédia

Universidade e Comunidade Intermunicipal da Região juntas para formar jovens e adultos com candidatura a programas Impulso

O acordo “traduz-se em cursos customizáveis para o território, numa relação mais profícua com organizações empresariais, com autarquias e tecido socioeconómico do território”, refere a Vice-Reitora da UC, Cristina Albuquerque.

10 setembro, 2021≈ 4 mins de leitura

© UC | Paulo Amaral

A Universidade de Coimbra (UC) e a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM) assinaram um protocolo no âmbito de uma candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência nos Programas Impulso Jovens STEAM e Impulso Adultos.

“Sendo a UC uma universidade que pretende ser global, não quer deixar de ter uma presença regional forte”, defende o Reitor da Universidade, Amílcar Falcão. Por essa razão, o responsável sublinhou a importância do protocolo assinado como “visão estratégica e não a curto prazo”. “Pretendemos preparar a Universidade para o pós-2025” (data em que se prevê o final do plano), esperando que “a UC tenha conseguido criar os alicerces para ser uma universidade ainda mais aberta ao mundo, tecnologicamente avançada e preparada para enfrentar a realidade pós pandemia”. “Acreditamos que a UC vai conseguir, mas para a UC o conseguir, a região terá de o conseguir”, acrescentou Amílcar Falcão.

Acreditamos que a UC vai conseguir, mas para a UC o conseguir, a região terá de o conseguir

O protocolo assinado engloba os 19 municípios da CIM. “460 mil pessoas estão representadas e municípios que acreditam muito neste projeto”, adiantou o presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, José Carlos Alexandrino. Para o responsável, há “um objetivo claro de formar os nossos jovens e o tecido empresarial da CIM, sobretudo para os podermos fixar nos nossos territórios”. Com “realidades muito diversas” dentro da CIM, José Carlos Alexandrino mostra-se preocupado com a coesão territorial, mas simultaneamente acredita que “será um trabalho coletivo, em que a UC terá um papel preponderante”.

A “dinâmica de capacitação e construção de competências para jovens e adultos, baseia-se de uma orientação estratégica da UC”, referiu a Vice-Reitora para os Assuntos Académicos e Atratividade de Estudantes Pré-graduados da UC, Cristina Albuquerque. Ao denominar os programas “Impulso”, “o que está subjacente é a possibilidade de criar um corredor para o diferente e a possibilidade de fazer diferente. Deixar um legado para o futuro”, acrescenta a Vice-Reitora. O acordo “traduz-se em cursos customizáveis para o território, numa relação mais profícua com organizações empresariais, com autarquias e tecido socioeconómico do território”, desvendou Cristina Albuquerque. De acordo com a responsável, “construir coesão é também identificar potencialidades e diferenças que nos permitem construir uma visão distinta”.

 

Reveja a cerimónia na íntegra aqui:

Notícia relacionada: /noticias/artigos/universidade-de-coimbra-e-comunidade-intermunicipal-da-regiao-de-coimbra-celebram-protocolo/

 

Marta Costa e Karine Paniza
Atualização
21/09/2021 17:01:01
Partilhe