2.ª edição do Mimesis abre o palco à cidade numa “celebração e homenagem às artes”

Mai 11, 2021

Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimesis decorre entre 15 de maio e 15 de junho de 2021.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

2.ª edição Mimesis
A segunda edição do ciclo Mimesis foi apresentada no Teatro Paulo Quintela, da Faculdade de Letras da UC.
Fotografia: © UC | Paulo Amaral

O Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimeses está de regresso. A segunda edição, a decorrer entre 15 de maio e 15 de junho de 2021, prevê a realização de mais de quatro dezenas de iniciativas. O ciclo pretende usar “palcos mais tradicionais, como o Teatro Académico de Gil Vicente ou o Teatro Paulo Quintela”, onde decorreu a apresentação do programa, mas também “a própria cidade”, referiu o Vice-Reitor para a Cultura e Ciência Aberta da Universidade de Coimbra (UC), Delfim Leão. O objetivo passa por “envolver toda a cidade nesta celebração e homenagem às artes”, afirmou o responsável.

A cidade como “cenário das diferentes representações e performances” numa altura em que se espera que “o regresso ao convívio direto com o público seja um marco distintivo do Mimesis”, acrescentou o Vice-Reitor. Mas mais do que Coimbra, a 2.ª edição do ciclo conta ainda com a realização de dois espetáculos em Alcobaça, numa ideia de “expansão” ao Centro de Estudos Superiores da UC em Alcobaça, que celebra em 2021 os seus 20 anos de existência.

Com mais de quatro dezenas de espetáculos, o que significa “uma duplicação em relação ao ano passado”, o Ciclo Mimesis inscreve-se na estratégia de programação cultural anual da Reitoria da UC, procurando valorizar a criação e a prática artísticas, promover a investigação especializada, aprofundar a formação e qualificação na área das artes e contribuir para a diversidade e qualidade da programação cultural, ao estimular o diálogo entre a UC, a cidade, a região e o país.

Conheça a programação completa do ciclo Mimesis em https://www.uc.pt/cultura/mimesis

 

Marta Costa e Karine Paniza

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »