O historiador e Professor do Departamento de História, Estudos Europeus, Arqueologia e Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, António Filipe Pimentel, é o novo diretor do Museu Calouste Gulbenkian.

De acordo com a informação divulgada pela Fundação Calouste Gulbenkian, o antigo diretor do Museu Nacional de Arte Antiga foi escolhido na sequência de um processo de recrutamento internacional. Acrescenta ainda que “a decisão do Conselho de Administração da Fundação Gulbenkian teve em conta o perfil de excelência do candidato e a sua adequação à especificidade do Museu Calouste Gulbenkian”.

No mesmo comunicado, António Filipe Pimentel afirma-se honrado e seduzido com o “desafio, naturalmente irresistível” de projetar a sua experiência “ao serviço do estudo, preservação e divulgação de uma coleção de referência internacional, para cuja salvaguarda foi criada uma das mais prestigiosas instituições do seu género em todo o mundo”, realçando a sua “relevância na própria projeção (nacional e internacional) da Fundação Calouste Gulbenkian enquanto marca” e reforçando, nesse sentido, “a bondade de operar transversalmente com as outras áreas de ação da Fundação”.

 

Mais informação sobre a nomeação está disponível no site da Fundação Calouste Gulbenkian: aqui.

 

Milene Santos (com Fundação Calouste Gulbenkian)

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »